Tag: cuidados

Jardinagem: Uma excelente prática para evitar doenças

Jardinagem

Por mais que a grande maioria das pessoas ainda afirme que o envelhecimento é uma fonte de impactos negativos à saúde, os idosos podem reverter esse quadro com muita sabedoria, cuidados e exercícios. E aproveitar o mês de setembro e a chegada da primavera pode ser um grande passo para quem deseja se ocupar.

Que tal experimentar a jardinagem? Essa prática contribui não só para o bem-estar, mas também sobre o aprendizado com a terra, plantas e flores, o que acaba proporcionando, automaticamente, a sensação de paz e tranquilidade. E isso na melhor idade é essencial.

De acordo com alguns terapeutas ocupacionais, a jardinagem para os idosos previne doenças como depressão, ajuda no combate à inércia e na diminuição de várias dores, principalmente na coluna.

E já que os idosos vivem em uma época onde gozam mais o tempo de lazer, a jardinagem tem um potencial de satisfazer nas necessidades criadas pela mudança de estilos de vida. Por isso, quando um idoso se dedica a cuidar da terra, das plantas e das flores, ele sente uma melhora em sua autoestima e pode ensinar outras pessoas a fazer um belo jardim ou uma horta e plantar frutas e verduras.

O contato com a natureza e a realização de exercícios ao ar livre contribuem para que a melhor idade renove a energia, dando alívio ao estresse e a tensão do dia a dia. E com a primavera chegando no dia 23 de setembro, a natureza ficará ainda mais bela, presenteando o ser humano com flores coloridas e perfumadas.

Quem realmente quiser apostar na jardinagem, as flores mais indicadas são: rosa, girassol, margaridinha, orquídea, jasmim, hortênsia, helicônia, alamanda, clívia, gérbera, hibisco, gazânia, jasmim-estrela, lágrima-de-cristo, boca-de-leão, crisântemo, frésia, estefânia, narciso, violeta, dedaleira e dama-da-noite.

Cada uma com seu cuidado especial, é claro!

Você sabe a diferença entre um asilo e uma clínica de tratamento?

Angeluz

Estudos apontam que o começo deste ano foi marcado como o início de um novo capítulo na história do país, pois uma pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde indica que até dezembro de 2015, a população de crianças de até cinco anos será ultrapassada pela faixa de idade daqueles que possuem mais de 65 anos.

Ou seja, preparados ou não para este boom, os brasileiros precisam se conscientizar de que as casas voltadas para os idosos farão parte de um futuro bem próximo, já que os índices indicam que o Brasil em 2025 será o país mais velho do mundo.

Porém, engana-se quem acha que casa de repouso é um lugar de maus tratos aos idosos.  Asilo, assim chamado às instituições de assistência social, é abrigo para sustento ou educação, tanto idosos quanto crianças. E geralmente, quando se trata de idosos, os asilos possuem ou contratam pessoas que gostam de trabalhar com pessoas da terceira idade.

Muitos desses lugares recebem doações de pessoas de fora, que doam não só carinho e amor, mas também alimentos, roupas, equipamentos eletrônicos para que a infraestrutura de cada ambiente seja completa e que esses velhinhos sejam sempre muito bem recebidos e ocupem o tempo com um pouco de lazer, uma boa conversa e todo conforto que merecem.

Já a clínica de tratamento para idosos, como o próprio nome já diz, foi feita para receber e cuidar daqueles que precisam de ajuda. Dentro desse ambiente você pode encontrar médicos responsáveis, enfermeiros, quartos moldados para os mais velhos, refeições corretas, entre outras coisas, que beneficiam a melhor idade, principalmente a saúde de cada paciente.

E por mais que muitos fatores influenciem na decisão de levar ou não algum idoso para esses estabelecimentos, às vezes se faz necessário alguém com mais experiência que você cuidar de quem precisa de um pouco mais de atenção.

E o idoso que chega a uma fase de debilidades, seja por conta de doenças ou emocional, precisa ter alguém que dedique seu tempo integralmente a ele. Por isso, tanto o asilo quanto às clínicas de tratamento podem ser boas alternativas.

Pense nisso!

 

Angeluz – Hotel e Residência para Idosos Rua Antônio Abdo, 200 – Taveirópolis (em frente à Praça Elias Gadia)
Tel.: (67) 3331-0155
hotelresidenciaangeluz@hotmail.com

2014 © - Angeluz - Todos os direitos reservados.